Projeto da EEUM permite fabrico inteligente de cubas para transformadores de potência

A Escola de Engenharia da Universidade do Minho, em particular o Centro de Engenharia Mecânica e Suste​ntabilidade de Recursos (MEtRICs), em conjunto com a Efacec, integra um consórcio para desenvolver procedimentos, projetos e métodos de fabrico inteligente para uma nova geração de cubas que são usadas nos transformadores de potência. Este projeto, com a designação “Cálculo Projeto & Fabrico Inteligente de cubas para Transformadores de Potência – iCubas5D” representa um marco disruptivo no projeto mecânico de cubas para transformadores de potência, através da evolução da clássica de representação de desenhos a duas dimensões para um novo conceito de projeto baseado na virtualização da informação de forma inovadora.

Disponibilizar energia elétrica de forma ininterrupta, segura e fiável é essencial para o desenvolvimento social e econômico. Portugal tem tido um papel ativo neste sector através de diversas entidades empresariais com capacidade de desenvolver e produzir sistemas complexos para a distribuição elétrica. Os transformadores de potência permitem otimizar a transmissão da energia elétrica desde a fonte até ao consumidor, sendo produtos de elevada complexidade que requerem a integração de variados conhecimentos multidisciplinares.

Pretende-se assim juntar as potencialidades das mais modernas ferramentas de representação 3D com o cálculo e desenho automático, por forma a minimizar o tempo de desenvolvimento e projeto de estruturas, tornando a solução final mais simples e otimizada do ponto de vista de fabrico e de utilização, dando resposta às cada vez mais acrescidas preocupações em QAS (Qualidade, Ambiente e Segurança).

No final do projeto é esperado chegar-se a uma solução que melhore a eficiência estrutural e, simultaneamente, diminua o peso estrutural. Também será procurada a diminuição do ruído transmitido para o exterior causado pelo funcionamento do transformador, por ser uma preocupação emergente para os transformadores instalados nas proximidades de aglomerados populacionais.

O iCubas5D, código de operação POCI-01-0247-FEDER-017584, co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI), no âmbito do programa “Portugal 2020”.

Links: http://www.efacec.pt/tecnologia-e-inovacao/ e http://icubas5d.efacec.pt

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *