Alumnus da EEUM desenvolve videojogo com computação quântica no CERN

O funcionário do Gabinete de Comunicação e alumnus do Mestrado em Tecnologia e Arte Digital da Escola de Engenharia, Diogo Cunha, foi selecionado pelo CERN para participar na Quantum Future Hackathon, um evento que desafiou os participantes a aplicar as suas competências em equipas multidisciplinares de áreas como a engenharia, ciência, tecnologia, arte e matemática. Foram 60 os participantes selecionados de 600 candidatos, que durante três dias trabalharam no IdeaSquare do CERN, orientados por cientistas e especialistas do setor das tecnologias para idealizar potenciais aplicações da computação quântica no dia-a-dia dos cidadãos.

Diogo Cunha integrou uma equipa multidisciplinar e multicultural, agregando mais 5 elementos dos EUA, Suíça, Paquistão, Singapura e China. A equipa criou um videojogo que utiliza a computação quântica para influenciar a aleatoriedade das ramificações da narrativa do próprio jogo, de forma a que esta seja não determinística, aproximando assim a linha entre simulação e realidade. Os seis elementos da equipa pretendem dar continuidade ao projeto e aplicar esta abordagem nos videojogos comerciais com narrativas de escolha múltipla.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *