António Vicente recebeu o Prémio de Mérito Científico da UMinho

O investigador do Centro de Engenharia Biológica e professor e vice-presidente da Escola de Engenharia inova em ecoembalagens, compostos funcionais e bioativos e nanossistemas para alimentos.

António Augusto Martins de Oliveira Soares Vicente nasceu no Porto há 49 anos. Cresceu na cidade, mas desde cedo sentiu os ares do campo. O gosto pela descoberta e pela engenharia vêm-lhe das brincadeiras de criança. O escutismo marcou-lhe a personalidade e continua a prestar o seu contributo semanal. Lecionar era um desejo secreto e veio a concretizar-se. Em entrevista ao NÓS, fala dos desafios da pandemia na academia, mas segue firme no que mais gosta: dar aulas e investigar. Licenciou-se em Engenharia Alimentar pela Universidade Católica em 1994, seguindo-se o doutoramento em Engenharia Química e Biológica em 1998 e a agregação em 2010 pela UMinho.

É investigador do Centro de Engenharia Biológica (CEB), professor associado com agregação no Departamento de Engenharia Biológica, que já dirigiu, e também vice-presidente da Escola de Engenharia. Dedica a investigação a sistemas para aplicação no setor agroalimentar. Soma mais de 400 apresentações em congressos, 300 artigos em revistas internacionais, 30 capítulos em livros, cinco patentes e é editor de cinco livros científicos. Está entre os 6000 cientistas mais citados do mundo, para a Clarivate Analitics; tem mais de 13.000 citações e de 120.000 leituras no portal Research Gate.

Conheça melhor o percurso deste docente e investigador, nesta entrevista.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *